Chá quente

Cúmulos...

Crónicas de Segunda 9

Crónicas de Segunda 8

Crónicas de Segunda 7

Antíteses portuguesas

Chá frio

Maio 2015

Junho 2014

Abril 2014

Outubro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Agosto 2012

Novembro 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Chás mais bebidos

quem já bebeu
quem já bebeu
quem já bebeu
quem já bebeu

O Bule

todas as tags

Sexta-feira, 30 de Outubro de 2009

Roberto Carlos de novo

uma infusão de Paulo Colaço às 03:47
link directo | vai uma chávena?
Quinta-feira, 29 de Outubro de 2009

Toca e foge

 

Professor: Zézinho, responda rápido quanto é 8 vezes 8!
Zézinho: Trinta e cinco!
Professor: Tem a certeza?
Zézinho: Quer rapidez ou precisão?

 

 

O Bule:
uma infusão de Paulo Colaço às 23:24
link directo | vai uma chávena?
Quarta-feira, 28 de Outubro de 2009

Doutros tempos

uma infusão de Paulo Colaço às 16:51
link directo | vai uma chávena?

Noches de Cartagena

Foi ao ler um comentário do Ricardo Andrade no Psicolaranja que me lembrei do "Noches de Cartagena", um fenomenal som que cantámos vezes sem conta. Cá fica:

 

Noches de Cartagena que fascinan
con el suave rumor que tiene el mar
donde la brisa cálida murmura
toda una serenata tropical.
Allí es donde quisiera estar contigo,
con la luna y la arena y ese mar
y que juegue la brisa con tu pelo
y las olas te vengan a arrullar.
Noches de Cartagena tan divinas,
lindo rincón Caribe y colonial.
 

 

uma infusão de Paulo Colaço às 04:11
link directo | vai uma chávena?

É já na terça...

... que o Poder muda em Rio Maior!

Às 17h, no Auditório dos Paços do Concelho, Isaura Morais toma posse!

E eu lá estarei, feliz e contente, a assistir a um momento que aguardava há bem mais de uma década.

Já agora, será o meu terceiro mandato na Assembleia Municipal.

 

uma infusão de Paulo Colaço às 03:40
link directo | vai uma chávena?
Segunda-feira, 26 de Outubro de 2009

Ah pois é!

Se algum dia vos perguntarem o que existe entre um Inocêncio I e um Bonifácio I, a resposta é mesmo muito simples:Zósimo.

Que belo nome para um Papa!

 

O Bule: ,
uma infusão de Paulo Colaço às 03:29
link directo | vai uma chávena?
Sexta-feira, 23 de Outubro de 2009

ocorreu-me

As regras são más para quem gosta da anarquia, como o sabão é mau para quem detesta tomar banho.

 

O Bule:
uma infusão de Paulo Colaço às 18:45
link directo | vai uma chávena?

Onde está o primo Wilson? Está na Austrália!

molwen.wordpress.com

O Bule: ,
uma infusão de Paulo Colaço às 16:01
link directo | vai uma chávena?
Quinta-feira, 22 de Outubro de 2009

Frida Kahlo já pintou mais depois de morta do que enquanto ainda estava viva

Este título do Público quer apenas dizer isto: circulam mais quadros falsos da pintora que verdadeiros.

Ver aqui

 

O Bule:
uma infusão de Paulo Colaço às 21:58
link directo | vai uma chávena?
Quarta-feira, 21 de Outubro de 2009

Django

Estou a ler um livro oferecido pela Guida e uma das personagens menciona este grande músico.

 

 


uma infusão de Paulo Colaço às 22:05
link directo | vai uma chávena?

Partilhando a minha receita de guacamole

 

Ingredientes:
2 abacates maduros
3 tomates
2 dentes de alho
1 cebola pequena
1 malagueta
1 colher de sopa de sumo de limão
Sal q.b.
 
Reduza o abacate a puré* e junte o alho e a cebola feitos em picado.
Junte também o tomate a a malagueta picados, mas limpos de sementes
Adicione o sal e o sumo de limão.
Mexa tudo muito bem**.
É servido frio.
 
Notas:
* Não esquecer de remover o caroço e a pele
** Há quem reduza este preparado também em puré, com a varinha mágica.
O Bule:
uma infusão de Paulo Colaço às 11:29
link directo | vai uma chávena?
Terça-feira, 20 de Outubro de 2009

A grande paródia

Em 1942, um avião da Royal Air Force é abatido sobre uma Paris ocupada pelo exército nazi.


Os três pilotos saltam em pára-quedas: Peter Cunningham (Claudio Brook) cai nos andaimes de Augustin Bouvet (Bourvil), um pintor da construção civil que está a trabalhar na fachada do comando alemão, Alan Macintosh (Mike Marshall) aterra no telhado da Ópera, durante o ensaio da orquestra, dirigida por Stanislas LeFort (Louis de Funès), e Sir Reginald (Terry-Thomas) mergulha no tanque das focas, no Jardim Zoológico de Vincennes. Enquanto a polícia alemã se lança à sua procura, Stanislas e Augustin ocupam-se dos ingleses, lançando-se nas mais extraordinárias aventuras, para os conduzirem para a zona livre.

 

Vi este filme em miudo e adoraria revê-lo.

Grande Louis de Funés!

 

uma infusão de Paulo Colaço às 20:33
link directo | vai uma chávena? | quem já bebeu (2)

Azul e Mar

A propósito deste post do Nuno do Carmo, aqui vai um dos melhores sons do mundo.

Só em letra, para ter mais significado:

 

No castelo, ponho um cotovelo
Em Alfama, descanso o olhar
E assim desfaz-se o novelo
De azul e mar
À ribeira encosto a cabeça
A almofada, na cama do Tejo
Com lençóis bordados à pressa
Na cambraia de um beijo
 
Lisboa menina e moça, menina
Da luz que meus olhos vêem tão pura
Teus seios são as colinas, varina
Pregão que me traz à porta, ternura
Cidade a ponto luz bordada
Toalha à beira mar estendida
Lisboa menina e moça, amada
Cidade mulher da minha vida
 
No terreiro eu passo por ti
Mas da graça eu vejo-te nua
Quando um pombo te olha, sorri
És mulher da rua
E no bairro mais alto do sonho
Ponho o fado que soube inventar
Aguardente de vida e medronho
Que me faz cantar
 
Lisboa menina e moça, menina
Da luz que meus olhos vêem tão pura
Teus seios são as colinas, varina
Pregão que me traz à porta, ternura
Cidade a ponto luz bordada
Toalha à beira mar estendida
Lisboa menina e moça, amada
Cidade mulher da minha vida
 
Lisboa no meu amor, deitada
Cidade por minhas mãos despida
Lisboa menina e moça, amada
Cidade mulher da minha vida

 

 

uma infusão de Paulo Colaço às 13:08
link directo | vai uma chávena?
Segunda-feira, 19 de Outubro de 2009

cidade solitária

uma infusão de Paulo Colaço às 16:49
link directo | vai uma chávena?

Vinicius no seu melhor

O Whisky é o melhor amigo do homem, ele é o cachorro engarrafado.

(Vinicius de Moraes; se fosse vivo, faria hoje 96 anos)

 

uma infusão de Paulo Colaço às 03:49
link directo | vai uma chávena?

Obladices

 

Desmond has a barrow in the market place
Molly is the singer in a band
Desmond says to Molly - girl I like your face
And Molly says this as she takes him by the hand.
 
Chorus:
Obladi oblada life goes on bra
Lala how the life goes on
Obladi Oblada life goes on bra
Lala how the life goes on.
 
Desmond takes a trolly to the jewellers stores
Buys a twenty carat golden ring
Takes it back to Molly waiting at the door
And as he gives it to her she begins to sing.
 
Chorus
 
In a couple of years they have built
A home sweet home
With a couple of kids running in the yard
Of Desmond and Molly Jones.
 
Happy ever after in the market place
Desmond lets the children lend a hand
Molly stays at home and does her pretty face
And in the evening she's a singer with the band.
 
Chorus
 
In a couple of years they have built
A home sweet home
With a couple of kids running in the yard
Of Desmond and Molly Jones.
 
Happy ever after in the market place
Molly lets the children lend a hand
Desmond stays at home and does his pretty face
And in the evening she's a singer with the band.
 
Chorus
 
And if you want some fun - take Obladiblada.
 
O Bule: ,
uma infusão de Paulo Colaço às 03:04
link directo | vai uma chávena?
Domingo, 18 de Outubro de 2009

Boa versão

uma infusão de Paulo Colaço às 00:54
link directo | vai uma chávena?
Sexta-feira, 16 de Outubro de 2009

Assombroso

"Peter, Paul and Mary" é o nome de uma das mais relevantes bandas dos 60´s e 70´s.

Em busca pelo tubo, encontrei este vídeo e a notável semelhança antre a Mary e Duffy é digna de registo.

 

 


uma infusão de Paulo Colaço às 16:21
link directo | vai uma chávena?
Quarta-feira, 14 de Outubro de 2009

Rescaldo

Aqui

 

uma infusão de Paulo Colaço às 16:26
link directo | vai uma chávena?

Tomada de posse

Consta que a tomada de posse dos novos órgãos autárquicos será no dia 3 de Novembro.

:)

 

uma infusão de Paulo Colaço às 16:24
link directo | vai uma chávena?

Finalmente

Há 24 anos, um homem chamado Silvino Sequeira, militante socialista, ganhou a Câmara Municipal de Rio Maior.

Por escassos votos, mas venceu.

Há 16 anos, empenhei-me na minha primeira campanha autárquica. Perdi.

Tal como perdi há 12 anos, e há 8 e há 4.

No passado domingo, quem ganhou foi Rio Maior, elegendo Isaura Morais.

Com mais 1208 votos que Silvino Sequeira, a coligação Juntos pelo Futuro (PSD+CDS) colhe 4 vereadores contra os 3 do PS.

Esta estrondosa diferença prova que a população não queria apenas a mudança: exige a limpeza.

É fundamental não desiludir.

 

uma infusão de Paulo Colaço às 15:30
link directo | vai uma chávena? | quem já bebeu (4)
Terça-feira, 13 de Outubro de 2009

Parabéns, moço

Ele faz 48 anos!

uma infusão de Paulo Colaço às 00:41
link directo | vai uma chávena?
Terça-feira, 6 de Outubro de 2009

choo choo

uma infusão de Paulo Colaço às 00:01
link directo | vai uma chávena?
Segunda-feira, 5 de Outubro de 2009

Gesta

uma infusão de Paulo Colaço às 03:50
link directo | vai uma chávena?

Parabéns Portugal

Foi há precisamente 866 anos que - pelo Tratado de Zamora - conquistámos a independência a Castela.

Obrigado, Afonso Henriques.

 

uma infusão de Paulo Colaço às 00:01
link directo | vai uma chávena?
Quinta-feira, 1 de Outubro de 2009

velhos tempos





uma infusão de Paulo Colaço às 03:24
link directo | vai uma chávena?

Servido por

Paulo Colaço

pesquisar aqui

 

Instagram

Instagram

Outras infusões

subscrever feeds

Analytics

Chávenas recentes

If justice would ever Justa there would be so many...
Outra versão interessante encontrada no tubo. http...
Alguém que diz que, num casal homossexual, "um hom...
Deixemo-nos de ingenuidades...a rédea curta nos ga...
Caro António Saraiva, uma releitura do título dest...