Chá quente

Cúmulos...

Crónicas de Segunda 9

Crónicas de Segunda 8

Crónicas de Segunda 7

Antíteses portuguesas

Chá frio

Maio 2015

Junho 2014

Abril 2014

Outubro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Agosto 2012

Novembro 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Chás mais bebidos

quem já bebeu
quem já bebeu
quem já bebeu
quem já bebeu

O Bule

todas as tags

Quinta-feira, 30 de Dezembro de 2010

No topo, mas descendo

Obama tem vindo a descer de popularidade, apesar de se manter no topo da lista das personalidades mais respeitadas pela população norte-americana.

 

uma infusão de Paulo Colaço às 19:18
link directo | vai uma chávena?
Quarta-feira, 29 de Dezembro de 2010

Um passeio alegre

Creio que o acto eleitoral presidencial consagrará Cavaco Silva à primeira volta.

Eu todo o caso, todo o cuidado é pouco porque a incerteza é um dos produtos mais queridos da democracia.

 

uma infusão de Paulo Colaço às 18:08
link directo | vai uma chávena?
Terça-feira, 28 de Dezembro de 2010

Em Assembleia Municipal

Depois de ter estado em dois mandatos seguidos na Assembleia Municipal de Rio Maior, hoje sirvo o meu concelho noutros moldes.

A Lei não o determina mas eu, moralmente, não me sentiria bem a  acumular as funções de apoio ao Executivo com as de membro da Assembleia Municipal. Por isso pedi a minha suspensão, que extravassou naturalmente o tempo permitido pelo que equivale à renúncia e consequente perda de mandato.

São formas diferentes de trabalhar por Rio Maior mas não posso deixar de sentir alguma nostalgia dos tempos em que defendia, à minha escala e maneira, os interesses de Rio Maior no hemiclico em que me encontro neste momento.

 

O Bule:
uma infusão de Paulo Colaço às 16:58
link directo | vai uma chávena?

Janeiro

O primeiro mês do ano é um berbicacho.

Vimos de um Dezembro pleno de festas, com 4 feriados, tolerâncias de ponto e pontes, e passa-se para um mês de 31 dias sempre a bombar.

Valha-nos que é um mês sem sol, senão era mesmo uma moleza :)

 

uma infusão de Paulo Colaço às 05:21
link directo | vai uma chávena? | quem já bebeu (2)
Domingo, 26 de Dezembro de 2010

A ver o LOTR

O Senhor dos Anéis é uma das triologias de culto que a televisão portuguesa insiste em passar nos momentos festivos, em que a rapaziada está de férias.

Eu, que sou daqueles fãs que vê as versões de coleccionador, com mais meia hora de cenas cortadas, já não me dá pica ver as versões de televisão.

Ainda assim, estou a "visuamentalizar" a SIC... nada de melhor tem a TV neste momento!

 

uma infusão de Paulo Colaço às 03:10
link directo | vai uma chávena?
Sábado, 25 de Dezembro de 2010

Palavras que escorrem sangue IX - Roda

A roda foi um meio público de execução medieval onde a vítima era firmemente amarrada pelas mãos e pés para que um carrasco - utilizando um enorme martelo - metodicamente lhe esmagasse os ossos dos braços e pernas. Havia o especial cuidado de não desferir golpes mortais.
Se os golpes quebrassem os ossos e não rasgassem a pele, o carrasco ele seria aplaudido pela multidão, visto que o objetivo era que não existissem fraturas expostas nem sangue.
Quando os ossos da vítima estivessem todos quebrados, os seus membros seriam literalmente enrolados nas extremidades de uma roda de madeira.
A roda seria então erguida horizontalmente e colocada numa estaca onde a vítima, agonizante, esperaria uma morte lenta.

 

uma infusão de Paulo Colaço às 06:11
link directo | vai uma chávena?
Sábado, 18 de Dezembro de 2010

Parabéns Tuna e Alentejanos!

O Bule:
uma infusão de Paulo Colaço às 00:01
link directo | vai uma chávena?
Sexta-feira, 17 de Dezembro de 2010

Parabéns a eu

O Bule:
uma infusão de Paulo Colaço às 00:01
link directo | vai uma chávena? | quem já bebeu (6)
Quinta-feira, 16 de Dezembro de 2010

Parabéns Júlio Pisa!

 

 

Hoje faz anos um bom amigo: Júlio Pisa!

Designer rigoroso, criativo de primeira água, altamente profissional!

É, há muitos anos, o designer e criativo residente do PSD, tarefa que desempenha com elevado rigor.

É um dos meus bons amigos e completa 44 anos.

Amanhã faço-lhe companhia nesta coisa do envelhecimento e completo eu 35.

 

uma infusão de Paulo Colaço às 05:22
link directo | vai uma chávena? | quem já bebeu (2)

pequenos cravos

Mocita dame el clavel,
Dame el clavel de tu boca,
Que pá eso no hay que tener
Mucha vergüenza ni poca.
Yo te daré el cascabel,
Te lo prometo mocita,
Si tu me das esa miel
Que llevas en la boquita.

 

Estribillo
Clavelitos, clavelitos,
Clavelitos de mi corazón.
Hoy te traigo clavelitos
Colorados igual que un fresón.
Si algún día clavelitos
No lograra poderte traer,
No te creas que ya no te quiero,
Es que no te los pude traer.


La tarde que a media luz
Vi tu boquita de guinda,
Yo no he visto en Sta. Cruz
Otra mocita más linda.
Y luego al ver el clavel
Que llevabas en el pelo,
Mirándolo creí ver
Un pedacito de cielo.

 

Estribillo

uma infusão de Paulo Colaço às 03:41
link directo | vai uma chávena? | quem já bebeu (1)
Quarta-feira, 15 de Dezembro de 2010

Palavras que escorrem sangue VIII - Gládio

O gládio era a espada utilizada pelas legiões romanas. Era uma espada curta, de dois gumes, de mais ou menos 60 cm, mais larga na extremidade.
Era muito mais uma arma de perfuração do que de corte, ou seja, devia ser utilizada como um punhal, ou uma adaga, no combate corpo-a-corpo.
Diz-se que era capaz de perfurar a maior parte das armaduras.
Também chamado Gladius hispaniensis, por ter sido inspirado em armas utilizadas pelos celtiiberos na época.
A palavra "gladiador" vem precisamente do antigo gládio.

O Bule:
uma infusão de Paulo Colaço às 02:29
link directo | vai uma chávena?
Terça-feira, 14 de Dezembro de 2010

Coisas da língua...

Não percebo de onde vem o "Moscou" que os brasileiros usam quando se referem a Moscovo...

uma infusão de Paulo Colaço às 02:40
link directo | vai uma chávena?

Cena de barrar com acafrão

- um queijo fresco pequeno
- salsa
- coentros
- oregãos

- açafrão
- sal qb

 

Escorre-se o queijo fresco
Numa tijela, desfaz-se o queijo com um garfo pequeno
Junta-se a salsa e o coentro picado
Adiciona-se o sal e os oregãos
Mistura-se tudo.

Nota: para uma consistência mais cremosa recomenda-se que se corte um tomate em dois e escorre-se o suco sobre o preparado.
Mistura-se finalmente e serve-se sobre tostas.

 

O Bule:
uma infusão de Paulo Colaço às 01:12
link directo | vai uma chávena?
Segunda-feira, 13 de Dezembro de 2010

Um acordar com uma tiborna.

 

- Pão verdadeiramente saloio (amassado e cozido na Lourinhã, pela mãe da Elsa)
- Alho do mais fresco
- Uma torradeira
- Azeite do bom

 

Tosta-se o pão fatiado.
Esfrega-se o pão tostado com alho.
Toda a superfície deve ficar aromatizada.
Rega-se o pão com azeite.
Come-se até acabar, a meias com a Bia.
Empura-se com chá preto acanelado.

 

O Bule:
uma infusão de Paulo Colaço às 22:34
link directo | vai uma chávena?

Publicidade amiga

 

Agradeço ao meu bom amigo Rodrigo Moita de Deus a publicidade ao livro das Histórias da JSD.

:)

 

O Bule:
uma infusão de Paulo Colaço às 21:55
link directo | vai uma chávena?

Os 80 anos do Mickey

uma infusão de Paulo Colaço às 02:35
link directo | vai uma chávena? | quem já bebeu (1)

Quinta dos Penegrais - um dos marcos actuais de Rio Maior

O Bule:
uma infusão de Paulo Colaço às 01:27
link directo | vai uma chávena?
Domingo, 12 de Dezembro de 2010

Um passeio à chuva

De braço dado com a Bia, num chuvoso domingo depois de uma pratada de ameijoas no Avis, subir pela zona antiga de Rio Maior e revisitar o meu velho percurso para a escola primária. Que programa!

 

uma infusão de Paulo Colaço às 01:30
link directo | vai uma chávena?
Sábado, 11 de Dezembro de 2010

Mais um vôo de Ibn von Faize

Para ler mais um post no Puro Nunsense basta clicar!

 

uma infusão de Paulo Colaço às 03:58
link directo | vai uma chávena?

Bife na pedra

 

Está mesmo a apetecer.

Para quando, dona Bia?

 

uma infusão de Paulo Colaço às 01:24
link directo | vai uma chávena? | quem já bebeu (2)
Sexta-feira, 10 de Dezembro de 2010

Como se daria hoje a história do Natal

uma infusão de Paulo Colaço às 01:09
link directo | vai uma chávena?
Quinta-feira, 9 de Dezembro de 2010

And now, the one and only, My Bia

Eis uma foto da futura grande geógrafa em plena saída de campo!

 

uma infusão de Paulo Colaço às 01:59
link directo | vai uma chávena?

Foto na Graça

Em casa da Ana Rita tiram-se fotos interessantes.

 

uma infusão de Paulo Colaço às 00:57
link directo | vai uma chávena?

Um sonho concretizado

 

Desde que comecei a trabalhar mais sistematicamente com o Carlos Coelho que o sonho de ver nascer um livro sobre a História da JSD tomou conta de mim.

Era um daqueles projectos que eu queria ajudar a concretizar.

Estas "Histórias da JSD" não são, em bom rigor, um livro sobre a história da JSD mas permitem perceber como foi evoluindo, que bandeiras foi tendo esta grande instituição, quais as "estórias" mais marcantes, que dirigentes foram decisivos, etc.

Faltam aqui muitos dirigentes e militantes que marcaram um tempo, como são os casos dos companheiros Pedro Cebola, Maló de Abreu, Carla Rocha, Nuno Matias, (para citar quatro gerações diferentes), mas a orgânica por mim escolhida só "permitia" o convite a uma personalidade por cada ano de vida da JSD.

Lamento que alguns (poucos, felizmente) dos convidados não tenham participado, mas aqueles que o fizeram tornam esta obra num documento único e extremamente valioso.

Não quero ser injusto para com ninguém mas não posso deixar de agradecer estes apoios (por ordem cronológica):

- Margarida Balseiro Lopes, a quem primeiro contei a ideia deste livro;

- Duarte Marques, a segunda pessoa;

- Carlos Coelho, cuja ajuda foi fundamental em toda a obra;

- Pedro Rodrigues e António Leitão, pelo apoio institucional e liberdade de acção concedidos;

- A todos os co-autores, pelo interesse manifestado e envio dos textos: foi uma honra ter contactado com pessoas tão marcantes;

- A toda a Lidel (João, Manuela, Frederico e Rita Annes, bem como à Sandra Correia) pela entrega, profissionalismo e dedicação à obra;

- Ao João Montenegro e à Cristina Branco pelo apoio documental;

- A todos os amigos que têm ajudado a divulgar a obra, desde o Psicolaranja às secções me que tenho feito sessões sobre a história da JSD;

- E à minha Bia, com quem partilhei e tenho partilhado os últimos momentos de parto do Livro e os seus primeiros sopros de vida. A sua ajuda entusiasmada foram uma preciosidade. Bem como um "prelúdio" do que aí viria...

 

O livro está neste momento à venda, podendo ser adquirido, por exemplo, na Bertrand. A Fnac tem demorado a disponibilizar a obra mas creio que antes do Natal estará nas suas prateleiras.

uma infusão de Paulo Colaço às 00:04
link directo | vai uma chávena?
Quarta-feira, 8 de Dezembro de 2010

Bismarck é que sabia

Eis os três momentos em que se mente mais: antes de eleições, durante a guerra e depois da caça...

 

O Bule:
uma infusão de Paulo Colaço às 09:44
link directo | vai uma chávena?
Quarta-feira, 1 de Dezembro de 2010

Mais um post

Aqui e no Puro :)

 

uma infusão de Paulo Colaço às 15:02
link directo | vai uma chávena?

Servido por

Paulo Colaço

pesquisar aqui

 

Instagram

Instagram

Outras infusões

subscrever feeds

Analytics

Chávenas recentes

If justice would ever Justa there would be so many...
Outra versão interessante encontrada no tubo. http...
Alguém que diz que, num casal homossexual, "um hom...
Deixemo-nos de ingenuidades...a rédea curta nos ga...
Caro António Saraiva, uma releitura do título dest...