Chá quente

Cúmulos...

Crónicas de Segunda 9

Crónicas de Segunda 8

Crónicas de Segunda 7

Antíteses portuguesas

Chá frio

Maio 2015

Junho 2014

Abril 2014

Outubro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Agosto 2012

Novembro 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Chás mais bebidos

quem já bebeu
quem já bebeu
quem já bebeu
quem já bebeu

O Bule

todas as tags

Sexta-feira, 3 de Setembro de 2010

Universidade de Verão: uma apreciação à sexta-feira

Esta está a ser uma das melhores Universidades de Verão de sempre. Parece um lugar-comum, porque a melhor UV é sempre aquela que estamos a viver no momento.
E até porque cada UV tem componentes mais aperfeiçoadas que a edição anterior, fruto da avaliação do Staff das sugestões dos alunos.
Porém, eu podia não estar tão empolgado como estou com esta UV, sendo a oitava em que participo.
Mas estou e isso deve-se à excepcional turma que este ano veio a Castelo de Vide.
Parabéns aos participantes!

 

uma infusão de Paulo Colaço às 16:25
link directo | vai uma chávena?
quem já bebeu:
De Essi Silva a 3 de Setembro de 2010 às 23:31
Desculpa lá oh Paulo! Mas a melhor foi a do ano passado. Porque foi a MINHA UV obviamente ;)
LOL
Tens cá uma sorte em fazer parte do Staff. Deve ser uma experiência únicamente fantástique!

comentar

Servido por

Paulo Colaço

pesquisar aqui

 

Instagram

Instagram

Outras infusões

subscrever feeds

Analytics

Chávenas recentes

If justice would ever Justa there would be so many...
Outra versão interessante encontrada no tubo. http...
Alguém que diz que, num casal homossexual, "um hom...
Deixemo-nos de ingenuidades...a rédea curta nos ga...
Caro António Saraiva, uma releitura do título dest...