Chá quente

Cúmulos...

Crónicas de Segunda 9

Crónicas de Segunda 8

Crónicas de Segunda 7

Antíteses portuguesas

Chá frio

Maio 2015

Junho 2014

Abril 2014

Outubro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Agosto 2012

Novembro 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Chás mais bebidos

quem já bebeu
quem já bebeu
quem já bebeu
quem já bebeu

O Bule

todas as tags

Quinta-feira, 9 de Dezembro de 2010

Um sonho concretizado

 

Desde que comecei a trabalhar mais sistematicamente com o Carlos Coelho que o sonho de ver nascer um livro sobre a História da JSD tomou conta de mim.

Era um daqueles projectos que eu queria ajudar a concretizar.

Estas "Histórias da JSD" não são, em bom rigor, um livro sobre a história da JSD mas permitem perceber como foi evoluindo, que bandeiras foi tendo esta grande instituição, quais as "estórias" mais marcantes, que dirigentes foram decisivos, etc.

Faltam aqui muitos dirigentes e militantes que marcaram um tempo, como são os casos dos companheiros Pedro Cebola, Maló de Abreu, Carla Rocha, Nuno Matias, (para citar quatro gerações diferentes), mas a orgânica por mim escolhida só "permitia" o convite a uma personalidade por cada ano de vida da JSD.

Lamento que alguns (poucos, felizmente) dos convidados não tenham participado, mas aqueles que o fizeram tornam esta obra num documento único e extremamente valioso.

Não quero ser injusto para com ninguém mas não posso deixar de agradecer estes apoios (por ordem cronológica):

- Margarida Balseiro Lopes, a quem primeiro contei a ideia deste livro;

- Duarte Marques, a segunda pessoa;

- Carlos Coelho, cuja ajuda foi fundamental em toda a obra;

- Pedro Rodrigues e António Leitão, pelo apoio institucional e liberdade de acção concedidos;

- A todos os co-autores, pelo interesse manifestado e envio dos textos: foi uma honra ter contactado com pessoas tão marcantes;

- A toda a Lidel (João, Manuela, Frederico e Rita Annes, bem como à Sandra Correia) pela entrega, profissionalismo e dedicação à obra;

- Ao João Montenegro e à Cristina Branco pelo apoio documental;

- A todos os amigos que têm ajudado a divulgar a obra, desde o Psicolaranja às secções me que tenho feito sessões sobre a história da JSD;

- E à minha Bia, com quem partilhei e tenho partilhado os últimos momentos de parto do Livro e os seus primeiros sopros de vida. A sua ajuda entusiasmada foram uma preciosidade. Bem como um "prelúdio" do que aí viria...

 

O livro está neste momento à venda, podendo ser adquirido, por exemplo, na Bertrand. A Fnac tem demorado a disponibilizar a obra mas creio que antes do Natal estará nas suas prateleiras.

uma infusão de Paulo Colaço às 00:04
link directo | vai uma chávena?

Servido por

Paulo Colaço

pesquisar aqui

 

Instagram

Instagram

Outras infusões

subscrever feeds

Analytics

Chávenas recentes

If justice would ever Justa there would be so many...
Outra versão interessante encontrada no tubo. http...
Alguém que diz que, num casal homossexual, "um hom...
Deixemo-nos de ingenuidades...a rédea curta nos ga...
Caro António Saraiva, uma releitura do título dest...