Chá quente

Cada fim é um novo princí...

Puro Nonsense

Puro Nonsense

Saudações

Ibn von Faize volta ao at...

Chá frio

Maio 2015

Junho 2014

Abril 2014

Outubro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Agosto 2012

Novembro 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Chás mais bebidos

O Bule

todas as tags

Quarta-feira, 20 de Fevereiro de 2013

Cada fim é um novo princípio

Acabei agora mesmo de clicar num "OK".

Com um clique, firmei a minha efectiva saída do Blog Psicolaranja, que fundei em 2006 e que, com dedicação, orgulho e ("dizem os analistas") bons resultados, administrei durante três anos.

Blogosfericamente falando, volto a escrever apenas em dois espaços: este e o amado Puro Nonsense, o meu blog preferido.

Como os amigos, marco encontro aqui. Aos lunáticos... vemo-nos no Puro.

uma infusão de Paulo Colaço às 01:21
link directo | vai uma chávena? | quem já bebeu (4)
Sábado, 3 de Julho de 2010

Puro Nonsense

Anda activo o meu amigo Ibn von Faize...

 

. Reino dos Céus passa a República
. Bulhão Pato não comia ameijoas
. "Os Lusíadas" reduzidos a 5 cantos
. Super Bock lança OPA sobre Sagres
. Lua passa as noites em bar de alterne
. Cheque careca recebe implantes
. Parlamento levanta sigilo bancário
. A Escola mais pobre do País

uma infusão de Paulo Colaço às 21:30
link directo | vai uma chávena?
Quinta-feira, 13 de Maio de 2010

Puro Nonsense

Voltei a escrever no Puro Nonsense.

Logo dois posts!

Continua doentio aquele espaço...

 

 

uma infusão de Paulo Colaço às 21:44
link directo | vai uma chávena?
Quarta-feira, 4 de Março de 2009

Saudações

O caro blogger Celestino Neves, de A Terra Como Limite, teve a amabilidade de inserir o Puro Nonsense entre as suas preferências.

Visto Ibn von Faize estar ausente em terra tão incertas quanto inexistente, cumpre-me agradecer e retribuir na minha lista de links.

uma infusão de Paulo Colaço às 18:53
link directo | vai uma chávena?
Quinta-feira, 16 de Outubro de 2008

Ibn von Faize volta ao ataque

É com pena que informamos que Ibn von Faize e o seu Puro Nonsense estão de volta.

Tendo escolhido o Sapo para este regresso, o blog está disponível aqui.

 

uma infusão de Paulo Colaço às 15:30
link directo | vai uma chávena? | quem já bebeu (2)
Terça-feira, 1 de Julho de 2008

Chá Preto

Convém explicar a criação deste blog.

É um espaço pessoal mas não íntimo.
É público mas não (muito) publicitado.
É para dizer o que não tem espaço noutros lados sem prejuízo de remissões.
 
Resisti muito a ter um blog pessoal.
Em grande parte por causa do Psicolaranja.
 
Não quero que este blog tire espaço ao Psico. Nem ao Punch Life. Tenho é consciência que não são blogs pessoais e que há pensamentos meus que aí ficariam deslocados.
Dicas de cinema, sucessos, viagens, memórias, combates…
 
Este blog terá o espaço que conseguir conquistar. E lentamente, porque vou apenas falar dele aos Psicóticos (a quem devo uma explicação por criar um blog que disputará o meu tempo com o Psico) e depois, sem pressas, nunca a despropósito, aos amigos.
 
Estou certo que o Chá Preto coexistirá pacificamente com o Psico, com o Puro Nonsense (o melhor blog do Mundo), com o grande Punch Life e com o futuro blog político sobre Rio Maior, que substituirá o mortiço Rio da Ponte.
 
Até porque não se deve abusar de chá preto…

 

uma infusão de Paulo Colaço às 00:58
link directo | vai uma chávena?

Servido por

Paulo Colaço

pesquisar aqui

 

Instagram

Instagram

Outras infusões

subscrever feeds

Analytics

Chávenas recentes

If justice would ever Justa there would be so many...
Outra versão interessante encontrada no tubo. http...
Alguém que diz que, num casal homossexual, "um hom...
Deixemo-nos de ingenuidades...a rédea curta nos ga...
Caro António Saraiva, uma releitura do título dest...