Chá quente

Palavras que escorrem san...

Palavras que escorrem san...

Palavras que escorrem san...

Palavras que escorrem san...

Palavras que escorrem san...

Chá frio

Maio 2015

Junho 2014

Abril 2014

Outubro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Agosto 2012

Novembro 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

O Bule

todas as tags

Quarta-feira, 15 de Dezembro de 2010

Palavras que escorrem sangue VIII - Gládio

O gládio era a espada utilizada pelas legiões romanas. Era uma espada curta, de dois gumes, de mais ou menos 60 cm, mais larga na extremidade.
Era muito mais uma arma de perfuração do que de corte, ou seja, devia ser utilizada como um punhal, ou uma adaga, no combate corpo-a-corpo.
Diz-se que era capaz de perfurar a maior parte das armaduras.
Também chamado Gladius hispaniensis, por ter sido inspirado em armas utilizadas pelos celtiiberos na época.
A palavra "gladiador" vem precisamente do antigo gládio.

O Bule:
uma infusão de Paulo Colaço às 02:29
link directo | vai uma chávena?
Quarta-feira, 8 de Setembro de 2010

Palavras que escorrem sangue VII - Noite das Facas Longas

A Noite das Facas Longas foi uma chacina ocorrida na noite do dia 30 de Junho de 1934.

 

Uma divergência no seio do Partido Nazi (por extenso: Partido Nacional Socialista Alemão dos Trabalhadores) levou a que os seus mais altos dirigentes mandassem assassinar quase 100 elementos.

 

Hitler, receoso da crescente influência de Ernst Röhm, mandou executá-lo e a aos seus aliados. Röhm era um militar extremista, defensor do caos e chefe dos SA, uma força para-militar de apoio ao Partido Nazi. Eram habitualmente apelidados de “camisas pardas” pela cor da sua farda.

 

A Noite das Facas Longas consolidou o poder do, já na altura, Chanceler Hitler.

 

O Bule: ,
uma infusão de Paulo Colaço às 11:35
link directo | vai uma chávena?
Quinta-feira, 2 de Setembro de 2010

Palavras que escorrem sangue VI - Auschwitz-Birkenau

Nome porque é conhecido um aglomerado de campos de concentração mandados construir na Polónia pelo governo de Adolf Hilter.

Auschwitz e Birkenau são os nomes germanizados de duas localidades perto de Cracóvia.

Estima-se que cerca de um milhão e meio de pessoas foram mortas nos 42 campos de concentração que constituiam o complexo.

É no principal dos campos que se encontra escrita a famosa inscrição "Arbeit macht frei" (O trabalho liberta).

 

O Bule: , ,
uma infusão de Paulo Colaço às 13:46
link directo | vai uma chávena?
Domingo, 29 de Agosto de 2010

Palavras que escorrem sangue V - Villa Grimaldi

Assim ficou conhecido o complexo penal dirigido pela polícia secreta chilena, criada por Augusto Pinochet - a DINA.

Em Villa Grimaldi, perto de Santiago, a DINA prendeu, interrogou, torturou cerca de 5000 homens e mulheres, fazendo desaparecer muitos deles.

Michelle Bachelet, anterior presidente chilena, foi uma das detidas da DINA em Villa Grimaldi.

 

uma infusão de Paulo Colaço às 22:19
link directo | vai uma chávena?
Quarta-feira, 25 de Agosto de 2010

Palavras que escorrem sangue IV - Pogrom de Lisboa

Um "Pogrom" é um ataque violento maciço a pessoas, com a destruição simultânea do seu ambiente (casas, negócios, centros religiosos).

Historicamente, o termo tem sido usado para denominar actos em massa de violência, espontânea ou premeditada, contra judeus e outras minorias étnicas da Europa.

O Pogrom de Lisboa aconteceu na páscoa de 1506.

A população, enlouquecida pelos tempos de seca, peste e fome, tomo os judeus como culpados, segundo alguns por incitação dos frades dominicanos, que prometiam absolvição de pecados para quem matasse mais "hereges".

Foram três dias de massacre, fogueiras e vergonha para Portugal.

D. Manuel I, ausente em Beja, tentou travar a "purga" mas não conseguiu impedir a morte de centenas de portugueses, professantes de outra religião que a maioritária.

O Rei penalizou os envolvidos, confiscando-lhes os bens, e os dominicanos instigadores foram condenados à morte.

 

Ver mais

 

uma infusão de Paulo Colaço às 18:07
link directo | vai uma chávena?
Sábado, 21 de Agosto de 2010

Palavras que escorrem sangue III - Khmer Vermelho

O Khmer Vermelho foi o Partido Comunista cambodjano, que assumiu no Cambodja após o fim da Guerra do Vietname.
O seu principal líder, Pol Pot, tornou-se altamente estalinista, no objectivo de "criar" o homem novo.
As movimentações envolveram a reorganização do proletariado e o massacre de opositores e de cidadãos instruídos (professores, médicos, monges, etc).
Segundo a Wiki, pensa-se que o total de mortos no genocídio sejam de 2 milhões.

uma infusão de Paulo Colaço às 04:33
link directo | vai uma chávena?
Terça-feira, 17 de Agosto de 2010

Palavras que escorrem sangue II - Gulag

Administração Geral dos Campos de Trabalho Correcional e Colônias

Eis o significado de Gulag, os campos de trabalhos forçados para as "vítimas" do Estalinismo.

Opositores a José Estaline eram para ali encaminhados para anos de pura escravatura em situação estrema, siberiana.

 

uma infusão de Paulo Colaço às 04:04
link directo | vai uma chávena?
Sábado, 14 de Agosto de 2010

Palavras que escorrem sangue I - Bolchevique

Foi assim que ficaram conhecidos os membros do Partido Operário Social-Democrata Russo que apoiaram Lenine e a estratégia revolucionária no Congresso de 1903 do partido.

Lenine defendia revolução armada (se preciso fosse).

Em oposição estiveram os Mencheviques, muito mais moderados.

Bolchevique significa "maioritário" e Menchevique "minoritário".

Adivinhe-se quem ganhou esse Congresso...

 

uma infusão de Paulo Colaço às 03:34
link directo | vai uma chávena?

Servido por

Paulo Colaço

pesquisar aqui

 

Instagram

Instagram

Outras infusões

subscrever feeds

Analytics

Chávenas recentes

If justice would ever Justa there would be so many...
Outra versão interessante encontrada no tubo. http...
Alguém que diz que, num casal homossexual, "um hom...
Deixemo-nos de ingenuidades...a rédea curta nos ga...
Caro António Saraiva, uma releitura do título dest...