Chá quente

António Barreto nunca des...

Bruno de Carvalho foi à Ó...

Coisas que a História nos...

O efeito Rio

Um dilema chamado Ronaldo

Chá frio

Junho 2018

Maio 2015

Junho 2014

Abril 2014

Outubro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Agosto 2012

Novembro 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Chás mais bebidos

quem já bebeu
quem já bebeu
quem já bebeu
quem já bebeu

O Bule

todas as tags

Segunda-feira, 2 de Março de 2009

II Jornadas Eurico de Melo

Tema: “Os jovens e a política”

Presenças:
João Abreu (moderador)
Pedro Passos Coelho (antigo líder da JSD)
Carlos Abreu Amorim (jurista e professor universitário)
07 de Março
15 horas
Santo Tirso: Hotel Cidnay
Org: JSD/Santo Tirso
 
uma infusão de Paulo Colaço às 16:40
link directo | vai uma chávena?
quem já bebeu:
De Paulo Colaço a 2 de Março de 2009 às 17:06
Dito hoje por um dos oradores (Carlos Abreu Amorim) no Correio da Manhã:
"Sócrates revelou a sua peculiar noção de Estado de Direito: 'Em democracia é o povo quem mais ordena.' Ou seja, o voto popular inocentá-lo-á se o caso Freeport der para o torto."
De Helena Antunes a 2 de Março de 2009 às 23:58
Obrigada pela divulgação, Paulo! Um abraço
De Paulo Colaço a 3 de Março de 2009 às 03:31
Um dos riscos das boas iniciativas é seres faladas.
:)
Boa sorte.
De Paulo Colaço a 3 de Março de 2009 às 03:32
* serem *
De Luis Melo a 9 de Março de 2009 às 16:40
Decorreram no sábado, as IIª Jornadas Eurico de Melo, com a presença de Pedro Rodrigues (PR), Pedro Passos Coelho (PPC) e Carlos Abreu Amorim (CAA), como convidados. O tema era "Os jovens e a política".

PR, presidente da JSD, falou sobre o afastamento da política em relação aos jovens, e não o contrário. CAA sublinhou os vícios que as "jotas" copiam das estruturas partidárias "sénior", principalmente o cacique, o profissionalismo. PPC falou da história da JSD e da sua passagem pela presidência da estrutura.

No período de perguntas, 4 questões foram colocadas, e apenas uma incidia sobre o tema (qual a solução para resolver o afastamento de política e jovens?). Todas as outras foram relacionadas com PPC e o PSD.

CAA disse não acreditar, que nos próximos tempos, algo mude e terá até tendência para se agravar. PPC falou largas dezenas de minutos e aproveitou apenas para fazer campanha interna. Não deu uma solução para o problema em questão.

Não tive tempo de colocar a minha questão. A 2ª volta de perguntas não existiu porque PPC tinha outro compromisso. Coloco-a aqui:
- A solução para o problema não passará por menos hipocrisia? P. ex., ali todos concordaram com o que CAA disse sobre os partidos. Mal sairam da porta, continuaram a fazer exactamente o que ele disse.
- Não será importante haver mais sentido de missão no desempenho dos cargos? Entre 1974 e 1994 os jovens não fugiam da política, porque sentiam confiança nos políticos da época.
- É ou não essencial, que os políticos coloquem, de uma vez por todas, os interesses colectivos (do partido e do país) á frente dos interesses pessoais? Algo que PPC tem tido muita dificuldade em fazer.
De Paulo Colaço a 9 de Março de 2009 às 16:46
Obrigado pelo feed-back, Luís.
Tens um deaafio feito aqui num dos posts de sexta-feira.
Abraços
pcc

comentar

Servido por

Paulo Colaço

pesquisar aqui

 

Instagram

Instagram

Outras infusões

subscrever feeds

Chávenas recentes

Dou o exemplo da ascensão de Hitler tantas vezes.É...
If justice would ever Justa there would be so many...
Outra versão interessante encontrada no tubo. http...
Alguém que diz que, num casal homossexual, "um hom...
Deixemo-nos de ingenuidades...a rédea curta nos ga...