Chá quente

Uma questão de asseio

António Barreto nunca des...

Bruno de Carvalho foi à Ó...

Coisas que a História nos...

O efeito Rio

Chá frio

Novembro 2020

Junho 2018

Maio 2015

Junho 2014

Abril 2014

Outubro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Agosto 2012

Novembro 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Chás mais bebidos

quem já bebeu
quem já bebeu
quem já bebeu
quem já bebeu

O Bule

todas as tags

Domingo, 30 de Novembro de 2008

Congresso da JSD II - Números

CPN

- Pedro Rodrigues: 308 votos (contra 245)

 

Mesa

- Daniel Fangueiro: 321 (contra 231)

 

CJN 

- Tiago Milito: 310 (contra 240)

 

Conselho Nacional

- Lista apoiada pelo Pedro Rodrigues, liderada por Vânia Jesus: 308 (contra 239)

 

Parabéns!

Foi a vitória de quem a mereceu.

 

uma infusão de Paulo Colaço às 16:18
link directo | vai uma chávena? | quem já bebeu (1)

Congresso da JSD I - Vitória em toda a linha!

O Pedro Rodrigues acaba de ganhar o Congresso da JSD.

Todas as suas listas venceram.

 

Parabéns Pedro e felicidades para os seguintes dois anos de mandato.

 

uma infusão de Paulo Colaço às 15:50
link directo | vai uma chávena?

Meio ano III - As postas mais lidas

1.  Boa Ideia

2.  Abominação irrecuperável
3.  "Silêncio" de qualidade
4.  Pulhices
5.  O Empate
6.  Deves achar que é assim...
7.  Os 500 melhores filmes de sempre
8.  Amy Morreu
9.  Esquerda caviar, ressabiada
10. A anedota
 
uma infusão de Paulo Colaço às 00:10
link directo | vai uma chávena?
Sábado, 29 de Novembro de 2008

Meio ano II - De onde mais nos visitam

1. Lisboa

2. Porto
3. Amadora
4. Leiria
5. Portimão
6. Coimbra
7. Maia
8. Linda-a-Velha
9. Gondomar
10. Sacavém

 

Este é o top ten das 87 localidades de onde mais visitam o Chá.

 

uma infusão de Paulo Colaço às 17:35
link directo | vai uma chávena?

Meio ano I

Comecei a confeccionar este chá há seis meses.

Meio ano volvido, anda está quentinho e perfumado.

Obrigado a todos aqueles que aqui o vêm beber.

 

uma infusão de Paulo Colaço às 16:57
link directo | vai uma chávena?
Sexta-feira, 28 de Novembro de 2008

Resposta II

Acho que tenho pouco poder de encaixe quando leio críticas às juventudes partidárias.

Li isto e respondi assim (aguardo moderação do comentário):

 

Caro João Ferreira Dias,

 
Li o seu texto e, se o Congresso da JSD lhe sugere uma reflexão, o seu post sugere-me duas.
 
A primeira: enquanto continuarmos a falar de cor, daremos razão aos que consideram a blogosfera a meta da decadência mental, nas palavras de Almada.
Um dos candidatos à liderança da JSD (o que conheço melhor) foi docente na Faculdade de Direito de Lisboa, é jurista da área fiscal e tem propostas publicadas no âmbito dos temas de relevância para a JSD. Gere grupos de trabalho dedicados e motivados na procura de novas ideias e soluções.
Podemos, claro que sim, não querer saber disso para nada. Podemos criticar mesmo sem conhecer. Podemos até nem sequer reconhecer quando, por precipitação, fomos injustos.
Cada um funciona de sua forma. Eu ficaria incomodado se percebesse que o meu repentismo me aproxima do pior da trica parlamentar, em que a preocupação na forma suplanta a do conteúdo.
 
A segunda: quando tantos homens e mulheres se demitem do seu dever de construção e direito de participação, não deixa de ser estranho que o dedo esteja apontado precisamente àqueles que, muito novos ainda, se preocupam.
A filiação em juventudes partidárias ou a participação em associações de estudantes da escola secundária são, normalmente, os primeiros momentos de afirmação de um pensamento, de uma atitude para mudar e melhorar.
Condenemos estes jovens, acusemo-los de carreirismo e estaremos a promover o afastamento dos que se incomodam com a crítica, deixando lugar aos mais obstinados que são, em muitos casos, os menos capazes e conscienciosos.
 
Entrei para a JSD aos 14/15 anos. Hoje tenho 32, sou membro de uma assembleia municipal e sócio de uma agência criativa.
Se há quem diga que a tropa fez os homens, eu digo que a JSD faz seres sociais, preparados para inúmeros desafios, capazes de dirigir ou integrar equipas, aptos a trabalhar sob pressão ou debaixo da crítica.
A mim, a JSD deu-me tantas e tantas vezes o gosto de ver aplicadas medidas que ajudei a criar e desenvolver.
 
Textos como o seu relembram-me um velho professor de latim: o mal do mundo é o pessimismo militante em que tantos se enrodilham.
Desenrodilhe-se: quando tiver tempo, passe pelo psicolaranja.blogs.sapo.pt e veja o que os “carreiristas” são capazes de escrever, pensar e promover.
 
Saudações e releve qualquer excesso de linguagem em que eu tenha incorrido.
uma infusão de Paulo Colaço às 21:04
link directo | vai uma chávena?

Os medíocres

Esta notícia do Público recebeu o tipo de comentários que reprovo.
E respondi. Claro.

« Este é o tipo de comentários dos vencidos da vida, habituados a viver na mediocridade, sem exemplos motivadores ao seu lado.
Comentários habituais naqueles que não se procuram informar antes de emitir opinião.
Comentários de quem mede o valor dos outros pelo seu desvalor.
Ou banalidade. Felizmente, é ao mero comentário que estão remetidos estes opinadores.
(Falou quem conhece ambos os protagonistas da notícia)
»

 

 

uma infusão de Paulo Colaço às 18:16
link directo | vai uma chávena?

O duelo repete-se

14 anos depois (uffaaa), há um novo Congresso sem mim ;)

O meu primeiro foi o XI, este é já o XX.
E o duelo repete-se.
Se o mérito for premiado, ganhará o Pedro.
Se o trabalho for reconhecido, ganhará o Pedro.
Se as qualidades certas forem valorizadas, ganhará o Pedro.
A bem da JSD, do PSD e da Juventude Portuguesa.
Bom Congresso a todos.
uma infusão de Paulo Colaço às 11:09
link directo | vai uma chávena?
Quinta-feira, 27 de Novembro de 2008

Alô Alô Dona Rosa, a sua filha chegou do Brasil!

A nossa Joaninha acaba de chegar a Lisboa!

Vai ser mesmo muito bom estar com ela, na Oriental, esta noite.

 

uma infusão de Paulo Colaço às 18:30
link directo | vai uma chávena?
Quarta-feira, 26 de Novembro de 2008

Um enigma, um prémio

 

«Olha. Sabes? Lá em Florença
está guardado um dedo da tua mão direita num relicário.
Palavra de honra que está!
As voltas que o mundo dá!
Se calhar até há gente que pensa
que entraste no calendário.»

 

Este é um excerto de um poema de António Gedeão.

É dedicado a Galileu.

 

Quem enviar para o meu email (pauloriomaior@gmail.com) a resolução deste quase enigma, recebe um prémio.

(tem de o vir buscar à Punch)

 

uma infusão de Paulo Colaço às 11:43
link directo | vai uma chávena? | quem já bebeu (1)

Poema do fecho éclair

Filipe II tinha um colar de oiro,

tinha um colar de oiro de pedras rubis.
Cingia a cintura com cinto de coiro,
com fivela de oiro,
olho de perdiz.
 
Comia num prato
de prata lavrada
girafa trufada,
rissóis de serpente.
O copo era um gomo
que em flor desabrocha,
de cristal de rocha
do mais transparente.
 
Andava nas salas
forradas de Arrás,
com panos por cima,
pela frente e por trás.
Tapetes flamengos,
combates de galos,
alões e podengos,
falcões e cavalos.
 
Dormia na cama
de prata maciça
com dossel de lhama
de franja roliça.
 
Na mesa do canto
vermelho damasco,
e a tíbia dum santo
guardada num frasco.
 
Foi dono da Terra,
foi senhor do Mundo,
nada lhe faltava,
Filipe Segundo.
 
Tinha oiro e prata,
pedras nunca vistas,
safiras, topázios,
rubis, ametistas.
Tinha tudo, tudo,
sem peso bem conta,
bragas de veludo,
peliças de lontra.
Um homem tão grande
tem tudo o que quer.
 
O que ele não tinha
era um fecho éclair.

 

(António Gedeão)

 

uma infusão de Paulo Colaço às 11:32
link directo | vai uma chávena?

Delito de acção

"PS acusa BE de fazer purga e de perseguir Sá Fernandes por delito de opinião."

(título do Público)

 

Creio que o BE se desligou de Sá Fernandes por delito de acção e não de opinião.

Em qualquer dos casos, o PS já deu as mãos com o (agora) seu vereador.

Irá para as listas socialistas, claro.

Alguém se espanta?

 

O Bule: , ,
uma infusão de Paulo Colaço às 10:53
link directo | vai uma chávena?

Xô, Fernandes

O BE finalmente enxotou Sá Fernandes.

O motivo é simples: o senhor vereador, paladino da moral, mensageiro dos princípios e inquisidor-mor das más práticas, deixou cair a capa.

Agora "está no Poder".

Só um patego não via que isso ia acontecer.

Quem anda tão cegamente atrás dos holofotes não augurava boa coisa...

 

uma infusão de Paulo Colaço às 10:35
link directo | vai uma chávena? | quem já bebeu (2)

Completamente diferente

A não perder.

 

uma infusão de Paulo Colaço às 09:56
link directo | vai uma chávena?
Terça-feira, 25 de Novembro de 2008

Se o presidente confia...

Cavaco Silva considera não ter qualquer razão para duvidar do conselheiro de Estado Dias Loureiro. Devendo-se o convite à confiança entre ambos, não sendo essa confiança abalada, nada há a dizer...

... a não ser isto: no final deste caso, a haver um desapontado, será apenas o PR.

 

uma infusão de Paulo Colaço às 22:53
link directo | vai uma chávena?

Vidente

Um homem vai à vidente.  Chega e bate à porta. Do outro lado, ela pergunta:
- Quem é?
O homem responde:
- Hum, já estamos a começar mal!

uma infusão de Paulo Colaço às 11:47
link directo | vai uma chávena?
Segunda-feira, 24 de Novembro de 2008

What are you gonna do, bleed on me?

uma infusão de Paulo Colaço às 12:07
link directo | vai uma chávena? | quem já bebeu (1)

Assobiando alegremente

 

A TV é a lavandaria do regime. (...) Dias Loureiro (...) foi ao estúdio de baraço ao pescoço e sem bigode, confessando que, sim, era administrador da SLN, mas, enquanto aconteciam no BPN as trapaças que têm vindo a público (e as que hão-de vir) calhou sempre de estar a olhar para o outro lado."
Manuel António Pina, "Jornal de Notícias", 24-11-2008
uma infusão de Paulo Colaço às 11:33
link directo | vai uma chávena? | quem já bebeu (4)

A origem

Cumprem-se hoje 149 anos sobre a publicação do célebre "A origem das espécies", de Darwin.

Deixa-me doente saber que em alguns países (EUA, p.ex.) alguns professores estão proibidos de ministrar essa teoria.

 

uma infusão de Paulo Colaço às 02:39
link directo | vai uma chávena?

Salomónica Colaciana

Há pouco, por causa de um belo pedaço de Brie, muitíssimo bem dividido (e ainda mais bem consumido), lembrei-me de uma regra de ouro lá em casa, aplicada por édito do meu pai, quando éramos miúdos.

 

Se havia algo para repartir entre mim e o meu irmão, um partia e o outro escolhia a sua metade. Essa regra obrigava aquele que fatiava a usar a máxima perícia. Assim, tudo era dividido em metades iguais.

 

Giro, não?

uma infusão de Paulo Colaço às 02:00
link directo | vai uma chávena?

Servido por

Paulo Colaço

pesquisar aqui

 

Instagram

Instagram

Outras infusões

subscrever feeds

Analytics

Chávenas recentes

Dou o exemplo da ascensão de Hitler tantas vezes.É...
If justice would ever Justa there would be so many...
Outra versão interessante encontrada no tubo. http...
Alguém que diz que, num casal homossexual, "um hom...
Deixemo-nos de ingenuidades...a rédea curta nos ga...