Chá quente

António Barreto nunca des...

Bruno de Carvalho foi à Ó...

Coisas que a História nos...

O efeito Rio

Um dilema chamado Ronaldo

Chá frio

Junho 2018

Maio 2015

Junho 2014

Abril 2014

Outubro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Agosto 2012

Novembro 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Chás mais bebidos

quem já bebeu
quem já bebeu
quem já bebeu
quem já bebeu

O Bule

todas as tags

Sexta-feira, 4 de Julho de 2008

Imprudências...

 

“O estudante que divulgou a suposta agressão de aluna a professora, no Carolina Michaëlis, vai prestar 40 horas de serviço à comunidade, numa corporação de bombeiros”
 
Excelente ideia do Instituto de Reinserção Social. Resta saber se, em caso de incêndio, o moço ajuda a combater as chamas ou se filma o “evento”.
uma infusão de Paulo Colaço às 06:47
link directo | vai uma chávena?
quem já bebeu:
De Francisco Castelo Branco a 5 de Julho de 2008 às 19:42
ora aí está uma decisão que eu aplado

É um sinal para os "mais novos" que se achem rebeldes e pensam que a vida e a violência são uma brincadeira

O jovem que filmou a agressão prestou um péssimo serviço às pessoas da idade dele que viram aquela triste cena.
Com a atitude dele milhares de pessoas irão fazer o mesmo
Mas com a atitude do tribunal milhares de jovens irão pensar duas vezes antes de terem comportamento semelhanhte...

parabens a quem fez "justiça" e "educou" o jovemzito
De Paulo Colaço a 6 de Julho de 2008 às 00:26
Chico, bem-vindo a este espaço.
A Justiça também serve para educar e espero que tenha "sorte" neste caso.
Não sei qual foi o raciocínio que levou o Instituto de Reinserção Social a indicar uma corporação de bombeiros para o cumprimento da "pena".
Pessoalmente, defendo penas mais relacionadas com os factos que lhes estão na origem.
Por exemplo, um dos problemas de que os professores mais sofrem é o stress. Um stress que implica tratamento médico (relacionado com depressões, por exemplo).
Eu colocaria o rapaz junto do Serviço de Psiquiatria do S. João, onde contactaria com a realidade de pessoas nesse estado. Um estado em que se encontra agora a professora que ele humilhou.

Por vezes o choque é mais terapêutico ...
De Francisco Castelo Branco a 6 de Julho de 2008 às 00:42
Nao tive a esse pormenor de o jovem ter sido colocado numa corporação de bombeiros

Certamente para acções sociais.
Mas este é um daqueles casos em que uma sobrecarga de trabalhos de casa não resolvia o problema.
E aí é que está o busilis da questão

como são resolvidos os outros casos de indisciplina nas escolas? seja ele qual for.....

quando andava no 8ano, uma colega minha lançou o boato de que o prof de história e a prof de geografia andavam-se a comer ; e o caso foi resolvido com um simples homework.
claro que não deveria ser levado a tribunal.........

este é um problema muito complexo.

Mas acho que passa pelo facto das escolas terem mais meios de controlarem a disciplina e de a resolverem

comentar

Servido por

Paulo Colaço

pesquisar aqui

 

Instagram

Instagram

Outras infusões

subscrever feeds

Chávenas recentes

Dou o exemplo da ascensão de Hitler tantas vezes.É...
If justice would ever Justa there would be so many...
Outra versão interessante encontrada no tubo. http...
Alguém que diz que, num casal homossexual, "um hom...
Deixemo-nos de ingenuidades...a rédea curta nos ga...