Chá quente

António Barreto nunca des...

Bruno de Carvalho foi à Ó...

Coisas que a História nos...

O efeito Rio

Um dilema chamado Ronaldo

Chá frio

Junho 2018

Maio 2015

Junho 2014

Abril 2014

Outubro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Agosto 2012

Novembro 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Chás mais bebidos

quem já bebeu
quem já bebeu
quem já bebeu
quem já bebeu

O Bule

todas as tags

Domingo, 16 de Novembro de 2008

A fina flor do entulho

Pelo que tenho ouvido, o lixo mais sórdido está a juntar-se.

Tirando o meu amigo CL, só ouço falar de inúteis.

 

uma infusão de Paulo Colaço às 23:38
link directo | vai uma chávena?
quem já bebeu:
De alexandra reis a 21 de Novembro de 2008 às 23:28
Realmente só alguém com uma visão muito tacanha é que não consegue atingir que o debate de ideias só pode ser uma mais valia para qualquer associação ou organismo. Lamento que haja gente como tu que trate por entulho um companheiro! Devias ter vergonha nessa cara! Para alem disso só dás opiniões na JSD porque para néscios como tu o PSD não passa cartão ! aos trinta cresce, aparece e vê lá se te localizas!!!
De Paulo Colaço a 22 de Novembro de 2008 às 00:41

Olá “Alexandra Reis”.
Obrigado por vir ao meu blog.
O debate de ideias é óptimo.
Defendo-o sempre.
E pratico-o. Há anos.
Talvez por isso, sei reconhecer o verdadeiro e bom debate do falso e medíocre.

E sim, temos companheiros que são entulho.
Os que não têm coragem de assinar com o próprio nome, os que mentem, os que apenas se interessam por cargos, os que traficam lugares públicos em troca de apoios, os que vendem o seu voto à mais alta oferta, etc.
Veja bem: ser companheiro não é sinónimo de santidade.

Quanto às minhas opiniões, não as dou apenas na JSD.
Sou Vice-Presidente da minha secção do PSD, membro da Assembleia Distrital do PSD/Santarém há mais de uma década, membro da Assembleia Municipal de Rio Maior há 7 anos, escrevo na imprensa local desde os meus 15/16 anos, sou co-autor de várias moções ao Congresso do PSD, fui membro em três mandatos da Jurisdição Nacional do PSD, tenho a minha própria empresa onde dou emprego a 5 pessoas, já vendi livros na Fnac, fiz arqueologia, estudei direito e paleografia, fui tuno, encenador de teatro académico, locutor de rádio...

Ena, tanta coisa. E sou um tipo muito feliz pelo meu percurso.

Quanto a localizar-me, não sei o que quer dizer com isso, mas uma coisa é certa: mesmo que eu não me localize a mim mesmo, a Alexandra localiza-me seguramente.
Essa será sempre a minha grande vantagem sobre pessoas como a Alexandra.

E volte sempre: adoro pessoas que consomem a minha prosa.

comentar

Servido por

Paulo Colaço

pesquisar aqui

 

Instagram

Instagram

Outras infusões

subscrever feeds

Chávenas recentes

Dou o exemplo da ascensão de Hitler tantas vezes.É...
If justice would ever Justa there would be so many...
Outra versão interessante encontrada no tubo. http...
Alguém que diz que, num casal homossexual, "um hom...
Deixemo-nos de ingenuidades...a rédea curta nos ga...