Chá quente

A incoerência dá nisto

O golpe

Não percas peças...

Chá frio

Junho 2018

Maio 2015

Junho 2014

Abril 2014

Outubro 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Agosto 2012

Novembro 2011

Junho 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

O Bule

todas as tags

Segunda-feira, 15 de Dezembro de 2008

A incoerência dá nisto

Luís Nobre Guedes não gosta da moção de Portas.

Gostaria que o PP trilhasse outro rumo.

E o que fez? Candidatou-se contra o actual e recandidato líder?

Não. Disse que ia apresentar uma moção alternativa.

Faz sentido um partido ter um líder que segue estratégia alheia?

Não.

Guedes não os teve no sítio para ser candidato, mas teve a lata de querer ser delegado.

Perdeu: não foi eleito.

Culpou Portas.

Deveria estar a culpar-se a si.

Porque não se candidatou, nem criou dinâmica eleitoral?

Não!

Porque foi ele quem "criou" Portas!

Disso não se vai Nobre Guedes desculpar-se tão cedo.

uma infusão de Paulo Colaço às 04:37
link directo | vai uma chávena?
Sábado, 25 de Outubro de 2008

O golpe

Paulo Portas vai antecipar o Congresso.

Nenhum mal nisso.

Será no mês do Natal.

Nenhum mal nisso.

Os militantes estarão ocupados em compras e preparativos de festas.

Nenhum mal nisso.

Portas não terá oposição organizada à altura.

Nenhum mal nisso.

Portas manter-se-á na liderança do PP.

Nenhum mal nisso.

A não ser para o PP...

 

uma infusão de Paulo Colaço às 15:34
link directo | vai uma chávena?
Terça-feira, 29 de Julho de 2008

Não percas peças...

O PP anda a perder militantes, alguns deles com responsabilidades distritais e nacionais.

A sangria começou numa divergência no distrito de Setúbal e ameaça subir até Braga.

Não é grave mas sintomático. Não é grave pois nos partidos do arco do poder as sangrias colmatam-se com novos militantes todos os dias. É sintomático pois Portas anda a perder a chama.

Sabemos que a campanha eleitoral é fundamental para a afirmação de pessoas como Portas mas convém chegar a elas inteiro.

 

O Bule: ,
uma infusão de Paulo Colaço às 09:55
link directo | vai uma chávena?

Servido por

Paulo Colaço

pesquisar aqui

 

Instagram

Instagram

Outras infusões

subscrever feeds

Chávenas recentes

Dou o exemplo da ascensão de Hitler tantas vezes.É...
If justice would ever Justa there would be so many...
Outra versão interessante encontrada no tubo. http...
Alguém que diz que, num casal homossexual, "um hom...
Deixemo-nos de ingenuidades...a rédea curta nos ga...